Se és um entusiasta de dubstep provavelmente já ouviste falar dele, mas se ainda não…
PEEKABOO! Aqui está ele:

Fez a sua primeira grande aparência no álbum “Reflective (Part 2)” do artista Bassnectar mas 2017 ainda foi um ano um pouco aquém para o produtor Norte Americano. O trabalho dele ainda estava mais focado para o Trap e o seu EP “REVENGE” não teve propriamente o reconhecimento que deveria ter tido.

Com 2017 a chegar ao fim o artista lançou ainda três músicas grátis no seu SoundCloud, uma delas intitulada “REGRET” e as outras duas “SINISTER” e “FILTHY ANIMAL”, ambas com uma nova sonoridade ligada ao dubstep.

2018 começou muito bem com o seu remix da música “Witch Doctor” com G-Rex a ser incluída em “Invasion Remixes” dos ATLiens e tendo o seu primeiro EP lançado na Wakaan, uma label que já trabalhou com artistas tais como Liquid Stranger, Champagne Drip, Space Jesus, Dirt Monkey, entre outros.

Estamos a falar do “Imposters EP” e este conta-nos uma história sobre “Aliens”, a sua “Arrival” (chegada), a subsequente “Invasion” (invasão) e a possibilidade de estes não passarem de “Imposters” (impostores) já misturados entre os humanos. Estas quatro músicas estão recheadas de poderosas basslines que juntamente com os “vocals” assustadores instalam o terror para a possível invasão alienígena.

Pouco mais de 2 meses após “Imposters EP”, PEEKABOO lança “Maniac EP”, também na Wakaan. O estilo dele continuou semelhante. Prevaleceram os “vocals” assustadores, o mesmo tipo de basslines mas adicionou muito mais energia às músicas. Uma vertente de dubstep mais “wobbly” em comparação com o que produziu anteriormente.

Mas o seu grande “boom” ainda estava para vir e “go a lil something like this” (é um pouco assim). “Babatunde”, uma colaboração com G-Rex lançada no início deste mês foi uma das faixas mais ouvida na edição deste ano do Lost Lands Festival. Já conta com mais de 50,000 reproduções no Spotify e ultrapassou recentemente as 100,000 no SoundCloud.

Tudo isto é devido ao seu “sound design” inconfundível, “vocals” e toda a energia traduzida para as músicas. PEEKABOO é definitivamente um artista a seguir pois o seu trabalho no último ano tem sido extraordinário. O progresso é altamente visível.

Ouve aqui “Babatunde“:

Leave a Reply

Your email address will not be published.