Brunch Electronik… que atmosfera e experiência incrível! Situado na Tapada da Ajuda, onde todos os domingos, as pessoas podem se reunir em um festival ao ar livre e emergir de música espetacular, paisagens incríveis e um ambiente agradável e divertido que pode ser desfrutado por todos.

Esta semana não foi diferente, com destaque para Black Coffee, um DJ e produtor sul-africano, seguido por Rui Trintaeum, Enoo Napa, Da Capo e Themba. DJs nacionais e internacionais que deram performances incríveis sempre mudando as batidas, tocando algumas das suas próprias músicas, com música o dia inteiro, misturadas entre deep and faster vibes, sons enérgicos e presença marcante, o clima da multidão, sempre, foi alto em espíritos, contando batidas e combinando movimentos de dança ritmicamente com a música.

Chegamos ao festival cedo, e estava ainda muito vazio naquela altura, mas rapidamente mudou em minutos, eu só me lembro de olhar pela segunda vez e ver uma multidão de pessoas ao meu redor e me perguntar o que tinha acontecido. Abençoada com um clima incrível durante o dia, tão habitual nas condições climáticas de Portugal, o sol não era excessivo e à noite foi um pouco mais fria, perfeito para um dia a dançar e passear num festival.

No geral, a multidão foi bem humorada e descontraída, havia uma grande mistura de crianças, adolescentes e adultos, apesar de a maioria do público estar na casa dos 20 anos, a sensação do festival é a de um ambiente confortável e alegre, como por habitual.

O próximo domingo será liderado pelos sons de Agoria e do icónico DJ Vibe, seguidos de Serginho e Analodjica. Esperamos te pegar lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published.