O mundo da Música eletrônica encontra-se em grande crescimento constante e os festivais mundiais desempenham um papel primordial neste acontecimento. Com centenas de novas músicas a serem lançadas todos os dias, cada track representando o seu próprio estilo musical.

Mas existe algo que nunca pode ser esquecido. Como começou o projeto?

Nao se pode negar o facto que tanto o Tomorrowland como o Ultra Miami sai dos maiores festivais no mundo no que diz respeito à música eletrônica. Mas nem sempre foi assim. Antes da grande explosão neste mundo da música eletrónica, houve um momento, em que tudo começou.

Os anos 80 foram um período em que os gostos musicais eram em grande parte ditados pela rádio, dominado maioritariamente pelo Rock, Pop e Hip-Hop, o Techno e o House tiveram que se refugiar nas Discotecas, e desenvolver-se a partir daí. Este universo rapidamente cresceu e o Ultra Miami foi criado em resposta a este grande crescimento.

Em 1999 a primeira edição teve lugar em South Beach – Miami, e após 2 edições mudou a localização do centro para Bayfront Park. De 2006 a 2011 teve lugar em Museum Park e de 2012 até hoje situa-se em Bayfront Park.

Armin Van Heldens, John Wink e Rabbit in the Moon foram os cabeças de cartaz, algo de não muito surpreendente tendo em conta os estilos mais ouvidos (House & Techno). A indústria underground ainda tem muito peso nestes festivais considerando que Carl Cox, John Digweed e Seth Troxler irão atuar na Resistance experience deste ano.

Resistance tem ar extremamente prometedor e podem sempre dar um retorno ao passado de forma momentânea e visualizar o video 20 Years of Miami.
Ver crescer algo de tão pequeno em algo de tão grande é de tirar o fôlego. Uma coisa é certa, se seguirem os vossos sonhos e se trabalharem arduamente serão recompensados.

Leave a Reply

Your email address will not be published.