Sander Van Doorn é um artista muito bem respeitado na indústria da música eletrónica, conta com mais de 10 anos de carreira e alguns temas de enorme qualidade, que é o caso dos seguintes clássicos: o mítico “Koko”, o progressive house de “Drink To Get Drunk”, “Riff”, entre muitos outros.
Este produtor foi bastante influente durante a fase de ascensão da música eletrónica, não só como Sander Van Doorn mas também como Purple Haze, que é o nome artístico do segundo projeto deste artista. Nos últimos anos, Sander Van Doorn apostou maioritariamente nos géneros progressive e electro house, e agora, com o ressurgimento de Purple Haze, o produtor holandês regressa às suas origens, aos géneros que o catapultaram para o sucesso.

Após 6 anos ao lançamento do último álbum “Eleve11” como Sander Van Doorn, o DJ e produtor holandês decide lançar um novo álbum “SPECTRVM”, desta vez como Purple Haze (projeto que ganhou novamente vida também após 6 anos). O álbum é composto por 13 músicas e apresenta uma fusão de diversos géneros musicais, tais como: trance, techno, electro e progressive house. Os sons “Neiloj” e “Contrast”, que foram lançados como singles (antes do lançamento do álbum), juntamente com “Phaedra” e o remix da faixa “Roundabout”, fazem com que o ouvinte se sinta num ambiente completamente energético e underground. Os temas “Plum”, “Out Here” e “Prysm (Eyes Wide Open)” têm menor ritmo que o restante álbum devido a serem composições extremamente melódicas, com baixíssima presença de sons graves. A música “Fall In”, produzida com James New, apresenta um som progressivo acompanhado pelo acústico da viola, o que torna este tema um pouco mais comercial. A grande colaboração deste álbum e, consecutivamente, uma das faixas que merece um maior destaque, é o tema “Light Me Up” (com Aaron Bonus e Justin Grammella), que conta com uma melodia de trance cativante e quebras fantásticas em torno da voz gloriosa. As restantes músicas: “SPECTRVM”, “Kill Kitten”, “Choir 1.0” (um dos singles) e “Historia” são faixas simplesmente estrondosas, e que fazem parte do melhor que o progressive trance apresenta neste momento.

O tão esperado álbum “SPECTRVM” foi lançado no dia 9 de Outubro pela editora Doorn Records (que é a editora de Sander Van Doorn). Purple Haze voltou mais forte que nunca, com uma série de melodias eufóricas capazes de conquistar milhares de novos fãs em todo o mundo!

Escrito por: Jorge Azevedo

About The Author

Staff

All of the article posted with this account are written by contributes and guest writers, If you wish to see your article featured email us at info@widefuture.com with the header "Guest Writer"

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.