No dia 23 de Setembro algumas centenas de pessoas passaram por Água de Pena (Machico), por baixo do aeroporto da ilha da Madeira, para marcar presença num dos maiores eventos dos últimos anos da ilha: o MTV Insomnia Madeira Dance Fest’17! Esta grande festa teve a produção do Café do Teatro, cobertura televisiva da MTV e grandes atuações de artistas como Kura, Jay Hardway e Yves V. Este festival começou às 20h com o warm-up a cargo do DJ Sil (DJ de Porto Santo). Às 22h o rapper bem conhecido Piruka, um fenómeno do Hip-Hop Português, tomou controlo do palco. Mais tarde, por volta das 23h30, o DJ Nélio Fabrício (DJ residente do Café do Teatro) preparou todos para as atuações seguintes.

O Jay Hardway veio da Holanda para dar um espetáculo impressionante que começou por volta das 01h e acabou às 02h30.
As várias colaborações com Martin Garrix: “Wizard” e “Spotless”, “Insomnia” (versão de 1995) de Faithless, “Champion Sound” do Nicky Romero e Teamworx, e o mashup lindíssimo da “Golden Pinneaple” com as vozes de Chris Martin (Coldplay – “Adventure Of A Lifetime”) foram os momentos altos do set.

O Kura regressou à ilha 4 anos depois, pela 4ª vez, e deu o melhor de si, sem dúvida.
O público enlouqueceu das 02h30 às 04h com um set repleto de faixas incríveis como “Makhor”, “Loki”, “Calavera”, “Police” e mais. Este set foi como uma viagem através da carreira do Kura e houve mesmo tempo para uma faixa nova, que ainda não foi lançada.

O belga Yves V foi o último artista a subir ao palco e trouxe um pouco da vibe do festival onde é residente: o Tomorrowland!
Esta atuação foi suficiente para manter a maioria das pessoas que foram ao evento até às 05h30/06h. Esta foi a segunda vez que Yves V veio à Madeira para deliciar os festivaleiros com o melhor do Progressive e Electro House.

De uma forma geral, pode dizer-se que o evento foi um sucesso porque houve uma grande adesão e levaram-se grandes nomes ao palco.
O palco tinha os requerimentos necessários para uma festa deste nível, que inclui: painéis LED, lasers, boa qualidade de som e muito CO2. Estas são as três faixas mais tocadas no festival: “Triple Six” do Curbi, o remix dos Firebeatz da “Calabria” e “Waist Time” do Diplo e Autoerotique. De acordo com o que foi dito pelo Café do Teatro, este festival irá voltar em 2018! Novidades em breve!

Para veres fotos do evento segue este link.

Jorge Azevedo

About The Author

Staff

All of the article posted with this account are written by contributes and guest writers, If you wish to see your article featured email us at info@widefuture.com with the header "Guest Writer"

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.