Gouryella, um dos projetos mais míticos da história da música eletrónica, nomeadamente do Trance, nasceu há quase 20 anos atrás, e o seu impacto neste mundo foi bastante importante. De facto, na linguagem aborígene Australiana Gouryella significa “céu”, e não há dúvidas nenhumas que as suas produções nos conseguem levar a um estado de consciência tão profundo que quase nos sentimos mesmo a levitar em direção a ele!

Ao início Gouryella era uma colaboração entre Ferry Corsten e Tiësto, lançando o seu primeiro single em 1999 chamado “Gouryella”, “Walhalla” no mesmo ano, e ainda “Tenshi” em 2000. Pouco depois Tiësto decidiu abandonar o projeto alegando que não conseguia ter tempo suficiente entre atuações, viagens e a sua carreira a solo para dar continuidade ao projeto e passar tempo com Ferry para produzir. Isto fez com que Ferry Corsten ficasse com o destino de Gouryella nas suas mãos.

Já com um enorme impacto causado na história do Trance, levando milhões de fãs a adorar as emoções incutidas nas músicas e inspirando bastantes produtores a criarem faixas como estas onde é notória toda a dedicação imposta para transmitir uma história e sentimentos nas faixas, Ferry decidiu não deixar morrer Gouryella e tomou a decisão de continuar a solo com este projeto.
Antes de uma paragem de 13 anos, lançou o último single em 2002 chamado “Ligaya”, colaborando com John Ewbank.

Com o passar dos anos a vontade dos fãs para que Gouryella regressasse foi aumentando, havendo vários rumores de um possível regresso mas só em 2015 é que Ferry Corsten reavivou este seu alias. Justificando isto à Fuse com o facto de estar farto de assistir ao que se passava na scene com o típico “Put your hands up, put your fucking hands up!”, Ferry disse que “queria trazer de volta o velho sentimento e emoção do tipo de coisas do virar do século.”, achando que seria o momento certo.
E foi mesmo! “Anahera” foi a faixa mais vendida do Beatport em 2015 e foi eleita pelos ouvintes do A State Of Trance como a faixa do ano.

Não deixando o projeto para trás, Ferry Corsten lançou em 2016 o single “Neba” e em 2017 “Venera (Vee’s Theme)”, levando ainda Gouryella do estúdio para os palcos com 2 espetáculos na Austrália em Março de 2016, que levaram a que Gouryella Live pudesse ser apresentado também em festivais ao longo do mundo como o EDC Las Vegas, Tomorrowland e Ultra Europa.

Num documentário disponibilizado agora no YouTube podes descobrir ainda melhor a história por detrás de Gouryella, onde grandes figuras da indústria como Armin van Buuren, Paul Oakenfold, Cosmic Gate, Markus Schulz, Above & Beyond e Aly & Fila acompanham a linha de tempo desta narrativa e o impacto que as músicas tiveram nos milhões de fãs em todo o mundo ao longo destas quase 2 décadas!

Vê agora o “Gouryella – From The Heavens”!

About The Author

Staff

All of the article posted with this account are written by contributes and guest writers, If you wish to see your article featured email us at info@widefuture.com with the header "Guest Writer"

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.